Sobre tomada de decisão e o paradoxo da escolha:

A partir do momento que você decide colocar os pés no meio digital, precisa estar preparado para enfrentar diversas escolhas que deverão ser feitas quase que todos os dias.

Vou brevemente contar a história mais contada nas aulas de negócios quando se fala de paradoxo da escolha: o exemplo das geleias.

Um supermercado fez um teste, para comparar a relação entre o número de sabores disponíveis com o número de vendas. Em um primeiro momento, foram expostos 24 sabores de geleias, que de cara atraíram muitas pessoas. Na segunda fase, apenas 6 sabores chegaram às vitrines, atraindo menos pessoas.

O número de vendas subiu apenas 3% com o primeiro teste, enquanto que com o segundo subiu 30%. Mas por que isso acontece?

Existe uma relação entre liberdade e felicidade muito conhecida, mas a liberdade também faz com que precisemos tomar mais decisões. É aí que entra o problema.

A partir do momento que temos muitas escolhas, entramos em um processo de paralisia, pois não sabemos o que decidir. As decisões tornam a vida mais complexa, diminuindo a nossa felicidade. Isso se percebe em número de vendas, pois o consumidor precisa pensar muito na hora de efetivar a compra e acaba desistindo, pois não consegue entender qual é a melhor decisão a ser tomada e qual o melhor benefício.

A dica, seja para a vida ou para as vendas, é muito tranquila: simplifique.

Simplifique as suas tomadas de decisões, assim como a de seus clientes. É por isso que você nunca vai ver um produto de alta conversão com mais de 3 opções para o cliente escolher.

Diminua o número de alternativas e coloque os prós e contras das opções lado-a-lado para fazer uma comparação. Não deixe a sua mente lhe enganar.

Confie na sua experiência, mas priorize o que você sabe e as informações que possui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *