Posts in Criatividade

Como escrever sobre si

Uma das maiores dificuldades que eu percebo nos meus clientes é que eles não sabem escrever sobre si mesmos.

Na verdade, essa é uma tarefa super complexa. Pensa comigo, 99% do tempo (a não ser que você esteja na frente de um espelho), você não se vê e está acostumado a interpretar e pensar sobre o que percebe ao seu redor. Raramente você para na frente do espelho e percebe, naquele momento, quem é você.

Uma coisa que eu gosto de fazer é uma adaptação da técnica de mindfullness. Basicamente o que essa técnica faz, é deixar a sua mente em um estado de atenção e consciência plena ao presente. Mas como isso pode ser usado para falarmos sobre nós mesmos?

A gente só precisa se atentar aos detalhes das nossas relações. Eu sou filho, irmão, namorado, amigo, genro, cunhado, prestador de serviços, aluno… Quais características positivas eu posso extrair de cada relação? Ficou difícil? É só perguntar para essas pessoas.

E você não precisa ter vergonha de assumir seus adjetivos. Nunca subestime o que você faz de bom. Nunca julgue as suas qualidades.

Tá vendo a imagem do post? É assim que a gente se percebe, quando não paramos pra entender sobre nós mesmos. Quase como uma névoa ao redor da nossa cabeça, que não nos deixa perceber quem somos.

Elimine isso. Aprenda a se conhecer, como você conhece os outros.

Aproveite.

Você não nasce criativo. Você se torna.

Você não nasce criativo. Você se torna.

É claro que todos os acontecimentos da nossa vida moldam as nossas habilidades. Crianças que são incentivadas a realizar tarefas criativas como ler, desenhar e tocar instrumentos musicais, vão ter uma facilidade maior com a criatividade no futuro. Assim como aquelas que são incentivadas ao esporte terão mais facilidade para gostarem de atividades físicas.

Mas o ponto importante aqui, é falar sobre você, que não se acha criativo e pensa que isso é um dom de outro mundo, que não teve o ticket premiado quando nasceu.

Acontece que a criatividade é uma habilidade como qualquer outra. Se você tocar um piano por apenas 1 hora, não terá grandes resultados, mas começa a perceber essas diferenças depois das 100, 1.000 e até 10.000 horas de práticas.
Só que ser criativo não é algo palpável. Você não pode pegar um instrumento ou um treino específico e fazer todos os dias por 1 hora a fim de se tornar criativo. Isso não existe, pois é um treinamento da sua consciência.

Criar melhor está diretamente associado à forma como você percebe o mundo e as referências que possui. Assista mais filmes, ouça mais músicas, entenda mais sobre tudo que estiver disponível. Agradeça por ser um humano vivo durante a era da internet. Nossos antepassados não tiveram acesso à quantidade de informação que a gente tem.

Você já deve ter ouvido a frase de Lavoisier nas aulas de química do colégio que “Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, é assim com a criatividade.

A partir de hoje, não associe criatividade com invenção, mas sim com a capacidade de transformar o que você sabe, em algo único.